Qual a semelhança entre uma Árvore Frutífera com a nossa Carreira?

Qual a semelhança entre uma Árvore Frutífera com a nossa Carreira

Por Heverton Soares
Líder Coach Gestão

Acredito que todos conheçam o curso natural da vida onde nascemos, crescemos, produzimos e depois morremos, entretanto, em alguns momentos em nossa vida o curso natural parece ser interrompido e mudando a forma como as coisas acontecem.

Sabemos que depois de plantada uma semente ela necessita dos cuidados para crescer forte e saudável. Ela depois de se tornar árvore antes de frutificar ela deve florir, mas, quando faltar alimento para ela por consequência disso ela deve fazer uma escolha muito cruel: Florir e produzir frutos ruins ou passar por um doloroso processo de renúncia e renovação. Isso acontece quando ela não recebe chuva no tempo certo e enfrenta uma seca duradoura que afeta toda a sua natureza.

Quando chegar a época dela florir para não morrer e sim viver; essa árvore decide abortar todas as suas flores por um determinado tempo, se as chuvas tardarem ela começa se desfazer de algumas de suas folhas e por últimos alguns de seus galhos, sabendo que essa renúncia é passageira e em breve as chuva tornarão a cair e ela se alimentará novamente pela raiz e terá de volta os seus galhos, suas folhas, flores e frutos para compartilhar conosco.

Assim também acontece com nós em nossa jornada profissional. Primeiro nós estudamos, formamos, escolhemos a profissão que desejamos ganhar a vida e voltamos a estudar novamente e nos formarmos, em seguida ingressamos no mercado de trabalho com muitos sonhos, objetivos e julgamos que teremos muitas oportunidades de crescimento, mas de cara enfrentamos inúmeros desafios e problemas imaginários. Sentimos vontade de desistir e retroceder, mas, por termos sonhos, objetivos ou até mesmo dividas, aceitamos uma vida profissional humilhante por julgarmos que o amanhã será melhor do que hoje.

“A Dor pode até ser inevitável, mas o sofrimento é opcional.” (Heverton Soares)

 Você é quem vai escolher assim como aquela árvore se decidi produzir e colher frutos ruins ou renunciar temporariamente e perseverar até a sua vitória chegar. O simples fato de você estar empregado em uma empresa que não te dê valor ou não ter um relacionamento saudável com o seu chefe ou colegas de trabalho e no mesmo tempo ter dividas e sonhos para se realizar, não significa que você deve abaixar a cabeça se acomodar e sofrer.

Eu te convido hoje a assumir o controle da sua vida e dizer a si mesmo: Eu posso! Eu sou capaz de Vencer! Enquanto a paz depender somente de você compartilhe-a com todos, não se torne aquilo que você reprova. Não deixe as pessoas que desejam te ver prostrado vencerem, pelo contrário torne-se um Vencedor. Se tiver que renunciar alguma coisa, guardar a língua, juntar dinheiro, fazer horas extras, faça com o pensamento de que tudo isso é temporário e você sairá ainda mais forte dessa provação.

Use tudo a seu favor adquirindo aprendizado e experiência para se tornar mais forte do que aqueles que querem te derrubar. Tenha Fé, Persevere e seja Paciente. Você é capaz de Vencer tudo com Amor e doação.

logo

por lidercoachgestao Postado em Carreira

O profissional Mediano

O profissional Mediano

Por Heverton Soares
Líder Coach Gestão

Hoje nós estamos cercados por pessoas com a mesma atitude ingênua de nos aconselhar a nos tornamos profissionais medianos, tudo porque algumas delas julgam que isso será o melhor para nós. Pode não ser verdade e quem sofrerá as consequências somos nós e não eles.

Profissional mediano é aquele que se julga autossuficiente e sabe um pouco de cada coisa. Não confundam o contexto de mediano nesse artigo com um “profissional polivalente, pois, aqui esse profissional é considerado “impróprio” para o sucesso e satisfação no trabalho. Porque saber fazer um pouco de cada coisa não significa fazer bem feito ou melhor do que os outros.

Quem nos motiva a aprender um pouco de cada coisa não para trabalharmos naquela área, apenas para não precisarmos pagar no futuro não está fazendo errado ou algum mal a nós. Sabemos que as intenções são boas, mas, também sabemos que é praticamente impossível desempenharmos todas as tarefas com perfeição. Na construção civil por exemplo um pedreiro pode saber pintar, fazer parte elétrica, gesso e hidráulica, mas, dizer que ele terá tempo e fará melhor do que as pessoas que só atuam naquela área e se atualizam frequentemente é difícil.

Para alguém ser realmente bom em tudo isso levará muitos anos de prática e com certeza esse profissional será mais caro do que um pedreiro comum. Para esse profissional saber tudo isso é excelente, pois, não precisará pagar quando necessitar, entretanto, somente se ele for realmente bom em todas essas áreas é que terá valido a pena ter aprendido tanto em sua vida. Caso ele só faça “mais ou menos” do tipo que dar para usar por um certo tempo até ter condições de pagar ou de uma forma que nem ele mesmo esteja satisfeito não terá valido a pena.

É muito melhor você como profissional escolher fazer aquilo que você ama e investir muito na sua área de atuação para ganhar “bagagem” e experiência do que tentar aprender tudo na vida. Ao invés de tentar fazer um pouco de cada coisa, procure aprender como é que deve ser feito para você saber observar e avaliar de forma justa como tudo deve ser, para você não prejudicar ninguém nem ficar no prejuízo. É importante conhecer um pouco para não ser enganado por pessoas desonestas, mas, seja justo e compreensivo consigo mesmo: Você não precisa saber ou aprender tudo nessa vida para ser feliz e amar o que você conquistou.

logo

por lidercoachgestao Postado em Carreira

Aprenda a Dar Sabor a sua Carreira Profissional

Aprenda a Dar Sabor a sua Carreira Profissional

Por Heverton Soares
Líder Coach Gestão

Vou comparar a nossa carreira com uma das necessidades do nosso corpo, a de nos alimentarmos através das comidas e bebidas.

Observe a água que além de ser incolor podemos afirmar que é sem sabor também, mesmo estando com muita sede e dependendo da temperatura da água nós não conseguimos beber grandes quantidades, mas, quando adicionamos sabor e doce ao fazermos um delicioso suco seja natural ou artificial, mesmo não estando com tanta sede conseguimos tomar bastante ao ponto de sentirmos até a barriga pesada.

O mesmo acontece com a nossa comida e tenho certeza que muitos já ouviram que “não existe comida ruim, mas comida mal temperada.” O tempero que adicionamos na carne, arroz, macarrão, feijão entre outras comidas muda e muito sabor de um simples grão ou pedaço de carne nos incentivando a querer mais e mais.

Porque não podemos fazer algo semelhante para a nossa carreira profissional? Quais seriam os ingredientes necessários para “darmos sabor” a nossa carreira? Tudo aquilo que nos move e nos tira do “mesmo lugar imediatamente” pode e deve ser considerado um ingrediente para a nossa vida profissional. Exemplo: Sonho, cargo superior, remuneração melhor, horários compatíveis com nossos desejos de lazer e hobbies, compra de um veículo, casa própria, faculdade, casamento entre outras coisas que nos inspirem a irmos atrás de qualidade de vida e realização.

Agora se você se perguntou sobre onde “sair do mesmo lugar” tem a ver com estes ingredientes fique tranquilo, já vou explicar. Quando o nosso corpo está com sede ou fome “ele nos avisa” através dos sintomas da sede e da fome e quando nós bebemos e comemos principalmente aquilo que é saboroso ficamos saciados imediatamente por que nos sentimos bem com nosso corpo físico. “Sair do mesmo lugar imediatamente” também é sentir-se bem consigo mesmo, porém não apenas fisicamente, mas, emocionalmente e psicologicamente também.

Tudo aquilo que nos traz esperança de uma vida melhor conduz a nossa mente no momento exato daquela noticia ou sentimento a termos fé que realizaremos e alcançaremos tal coisa. Nossos sonhos, cargos melhores dentro da empresa, mais tempo com a família, fazer uma faculdade ou até nos casarmos estremecem o nosso interior e servem como uma “alavanca” e nos atira para frente imediatamente.

Esse “sabor” é necessário em todos os momentos da nossa vida e não somente nos momentos difíceis e depressivos, pois, diferente do nosso corpo que nos avisa o que ele necessita, o nosso emocional e psicológico não. Quando alguém começa a passar por dificuldades normalmente ele se deixa levar por problemas imaginários e desiste antes de tentar, o sabor deve ser acrescentado diariamente em nossa vida, seja mudando os nossos hábitos, adquirindo hobbies, renovando os nossos sonhos ou metas.

logo

por lidercoachgestao Postado em Carreira

O falso controle da Ampulheta Profissional

O falso controle da Ampulheta Profissional

Por Heverton Soares
Líder Coach Gestão

Ampulheta: É um aparelho utilizado para medir a fração de um tempo.

Procrastinar: Transferir para outro dia ou deixar para depois, adiar, delongar.

Conflitos: Oposição de interesses, ideias e sentimentos.

Comodismo: Ato ou efeito de se adaptar a algo com facilidade e se conformar.

Com certeza você já ouviu falar de pessoas que culpam o tempo por não terem tido sucesso na sua vida profissional ou é uma delas, entretanto, alguma vez já parou para pensar em como isso aconteceu e quais foram os reais motivos da sua falha no caminho e não fracasso profissional como muitos gostam de chamar? Será que não existe uma forma mais logica de como tudo isso ocorreu em nossa carreira?

Com certeza se você procurar em dicionários ou na internet vai encontrar vários significados para a palavra ampulheta, eu decidir usar esse mais comum para facilitar a compreensão de todos os leitores.

“Ampulheta: É um aparelho utilizado para medir a fração de um tempo.” Isso te dar o conhecimento sobre o tempo em que estamos agora e não o poder para alterá-lo a sua vontade. Você pode virar a ampulheta de cabeça para baixo ou vice-versa e ver a areia voltando para o local de onde saiu, mas, não se iluda! Você não pode controlar o tempo.

Alguns profissionais insistem em Procrastinar: Transferir para outro dia ou deixar para depois, adiar, delongar. Às vezes nós fazemos isso de forma inconsciente e tornamos árduo e longo o caminho que conduz a realização e a excelência em nossa vida. Quem nunca deixou para depois algo importante? O problema é que às vezes basta uma ligação, alguém bater palmas no portão, uma vontade de comer ou beber algo, assistir aquele programa ou filme que tanto gostamos ou simplesmente estamos cansados e julgamos que dar para fazer depois, e não nos damos conta de que o tempo que passou não vai voltar e que os maiores prejudicados sempre seremos nós mesmos.

Avançando para o próximo passo que são os Conflitos: Oposição de interesses, ideias e sentimentos. A partir do momento que começamos deixar aquilo que era importante para nós para depois, os desejos e ambições uma vez cruciais se tornam opcionais, tudo o que estava traçado torna-se duvidoso e algumas vezes substituível. Às vezes contamos com ajuda dos outros para nos “empurrarem ladeira abaixo” colocando os nossos interesses como que lá na frente teremos algo melhor, que tudo que é nosso encontrará um caminho até nós… isso nos leva ao último passo e mais ilusório de todos. Essas palavras são como o mel e acalmam o nosso coração e espírito quase que imediatamente, mas, não confundam as coisas. Ouvir que tudo vai ficar bem da boca dos outros ou da nossa mesma, não é garantia nenhuma que tudo vai ser desse jeito.

Comodismo: Ato ou efeito de se adaptar a algo com facilidade e se conformar. O comodismo é um estado perigoso demais para a nossa vida, porque ele nos mantem estacionados no mesmo lugar por tempo indeterminado, mas, conformado com nossa situação atual mesmo que ela não seja agradável. Algumas pessoas tem tanto medo de se arriscar que preferem uma vida inferior à que merecem pelo medo de tentar, errar e não conseguir ficar de pé novamente.

Quando nós não fazemos nenhum planejamento estratégico e deixamos que os problemas imaginários assumam o controle da nossa vida é certo que teremos medo de tentar e mudar, as dúvidas se multiplicam e ficar onde estamos parece cada vez mais confortável e seguro para nós. Por isso grande parte da população lamenta sonhos deixados pelo caminho e diz que aquilo não era para ser mesmo. Parem com isso! Não existe nenhum controle ou máquina do tempo. Viva o presente porque ele é uma dádiva e merece ser vivido com sentimentos e doação diária.

Você e eu não podemos controlar aquilo que vai acontecer com nós e muitos menos o tempo que cada coisa deve surgir. Mas, podemos planejar e agir prudentemente de acordo com as circunstâncias e aprendermos com as experiências de cada desafio esteja ele superado ou não. Ninguém nasceu para sofrer ou viver debaixo do fracasso, todos nós somos capazes de dar a volta por cima e alcançarmos a excelência. Basta crer e agir.

logo

por lidercoachgestao Postado em Teoria